Turnover: Como medir o índice e reter talentos

Um alto índice de turnover pode prejudicar a produtividade e o lucro de uma organização

Turnover das empresas - MarQPonto

Você sabe o que é turnover? No Departamento Pessoal, essa palavra está relacionada com a rotatividade dos funcionários de uma empresa. Ou seja, as entradas e saídas de colaboradores dentro de um período.

Para evitar maiores problemas com esse indicador de desempenho, é importante que o gestor de Recursos Humanos analise os fatores pelos quais a empresa está tendo um índice alto de admissões e demissões.

Problemas de altos índices de turnover

Pense comigo, o processo de demissão de um funcionário eleva os custos da folha de pagamento. Mais que isso, a empresa gasta tempo e recursos financeiros na hora de recrutar, contratar e treinar um novo colaborador.

Além disso, os lucros tendem a cair quando o índice de turnover está alto, porque as primeiras e últimas semanas de um funcionário dentro de uma organização são as de menor produtividade. Confira os problemas de maneira mais detalhada:

  • Encargos das demissões: Além de toda a burocracia envolvida, a empresa deve pagar a multa do FGTS e o aviso prévio. Aqui também é possível incluir as parciais das férias e do 13º, que são dados fora do período esperado.
  • Despesas nas admissões: O setor de Recursos Humanos gasta tempo para procurar candidatos, selecionar os melhores currículos, fazer entrevistas e dinâmicas, buscando encontrar alguém que se enquadre na vaga.
  • Treinamento: Nesse momento, a produtividade da empresa tende a cair. Porque, além do período de adaptação do novo funcionário, normalmente é reservada uma pessoa para auxiliar nesse treinamento.
  • Clima organizacional: Não importa de quem partiu a demissão, a saída de um colaborador gera um desconforto entre todos os funcionários. Já que eles se sentem ameaçados ou encorajados a buscar uma oportunidade melhor.

Cálculo do turnover

O turnover é um dos principais indicadores de desempenho das empresas, porque reflete a motivação e satisfação da equipe. Para fazer esse cálculo, é importante considerar o número de desligamentos e o número médio de funcionários em um período. Em geral, é aconselhável que esse índice fique em torno de 5%.

Fórmula utilizada:
Turnover = Número total de desligamentos / Número médio de funcionários x 100.

Exemplo: A empresa possui uma média de 300 funcionários e fez 40 desligamentos em um ano. Nesse caso, o indicador está alto, porque passou dos 5%.

  • Turnover = 40 / 300 x 100 = 13,33%

Tipos de turnover

Anotação - MarQPonto

Essa rotatividade existente entre as empresas, não pode ser considerada como um fenômeno único. Isso porque para cada demissão existem circunstâncias diferentes. Ou seja, para cada caso, é válido pensar em estratégias diferentes para combater o índice alto. Confira quais são os tipos de turnover:

Funcional

Nesse caso, o funcionário está tendo um mau desempenho e se sente insatisfeito com a organização. Portanto, pede a demissão que é benéfica para a empresa, já que existe a possibilidade de contratar alguém mais qualificado para a função.

Além dos custos com o treinamento do novo colaborador, essa saída traz outros problemas para o seu negócio. Isso porque, se o ex-funcionário estava insatisfeito, tende a criar uma imagem negativa da empresa dentro do seu ciclo de pessoas. 

Disfuncional

Essa é uma situação que deve gerar preocupação para a empresa, já que ocorre quando o funcionário possui um alto desempenho, mas resolve desligar-se da organização. Ou seja, o seu negócio deixou escapar um talento.

Portanto, a empresa perde em produtividade, competência técnica e inovação. Aqui, é importante notar quais foram os motivos para essa saída e tentar consertá-los para que não ocorram com outros funcionários.

Voluntário

Nesse caso, o funcionário pede o desligamento da empresa pelos seguintes motivos: propostas mais interessantes de outras organizações, conflitos entre funcionários, falta de oportunidades de crescimento ou salário não satisfatório.

Esse tipo de turnover apresenta problemas com a gestão da equipe, e os prejuízos são os citados nesse artigo. Ainda assim, se você conseguir identificar a causa principal deste turnover, tende a dar um passo à frente na retenção de talentos. 

Involuntário

Se fossemos para escolher o pior turnover, seria esse, porque indica uma série de problemas na empresa e gera os custos mais elevados de uma demissão. Como o pedido parte do empregador, os custos dos direitos trabalhistas são mais caros.

Pense quais foram as motivações para você demitir esse funcionário: o processo seletivo foi falho, baixo desempenho, justa causa, conflitos internos ou dificuldades financeiras. Depois, crie um caminho para que o erro não se repita. 

Casos normais de turnover

Apesar do turnover normalmente refletir problemas de uma empresa, não se apavore. Uma pequena rotatividade de funcionários pode ser saudável, já que mexe com o clima organizacional da empresa.

Além disso, nesses casos, novos talentos tendem a subir de cargo e sentirem-se valorizados pela empresa. Confira alguns casos normais de turnover:

  • Aposentadoria de um colaborador;
  • Mudança repentina de cidade;
  • Desejo de trocar de profissão;
  • Fatalidades.

Como evitar altos índices de turnover

Trabalho em equipe - MarQPonto

Segundo a Robert Half, em 2013, o Brasil tinha o maior índice de turnover do mundo. Para evitar que a sua empresa esteja entre as que mais gastam com a rotatividade de funcionários, é hora de inovar na gestão de pessoas:

  • Crie políticas de retenção favoráveis, com salários e benefícios atraentes;
  • Faça pesquisas de clima para melhorar a saúde mental da empresa;
  • Crie um processo seletivo eficiente para recrutar talentos;
  • Permita a avaliação dos gestores pela equipe, formando uma boa liderança;
  • Pense em canais de comunicação efetivos para todas as áreas;
  • Crie um plano de carreira individual para os seus colaboradores;
  • Adote entrevistas demissionais para entender os problemas da organização.

“O recrutamento mais caro é aquele feito para repor alguém que poderia ter ficado.”
(Autor Desconhecido)

MarQPonto garante mais tempo para o RH

Para colocar em prática a retenção de talentos, o Recursos Humanos da empresa deve estar focado nas pessoas e não em processos burocráticos. Pensando em melhorar o Departamento Pessoal, a MarQPonto possui um controle de ponto eletrônico que faz a gestão e fechamento da folha de ponto com 80% de agilidade.

Esse é um grande passo para acabar com os processos manuais e focar no comportamento da sua equipe. Ficou interessado? Venha tirar suas dúvidas com a nossa equipe e encontre a melhor solução para o seu negócio, entre em contato pelo telefone: (41) 99252-4089. Se preferir, teste o nosso sistema gratuitamente.

Dúvidas sobre controle de ponto - MarQPonto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *