O seu time será ainda melhor e ainda mais produtivo se tiver mais autonomia

Você já se perguntou quais as razões pelas quais muitas vezes os gestores não concedem tanta autonomia à sua própria equipe? Veja a seguir e comece já a mudar as rotinas da sua empresa

Autonomia - MarQPonto

Quando consideramos as razões que impedem um gestor de conceder mais autonomia à sua própria equipe percebemos que grande parte dos que se colocam essa indagação tem o medo como o principal fator que refreia o desenvolvimento de novas formas de trabalho.

Esse medo surge, sobretudo, quando os gestores consideram que quanto maior a capacidade de tomada de decisões, maior pode ser também a insubordinação e a resistência a aderir às metas, objetivos e sobretudo dificultar as relações de comando.

No entanto, quando analisamos os fatos, a forma com que grandes empresas alteraram essa forma tradicional de gestão para processos mais criativos, autônomos e, sobretudo, onde a confiança em seus colaboradores tem como sua maior marca, percebemos que os resultados passam a ser ainda mais satisfatórios sobretudo quando pensamos no clima empresarial.

Dúvidas sobre controle de ponto - MarQPonto

Quando damos mais autonomia para nossos colaboradores, desenvolvemos potencialidades dos integrantes da nossa equipe, sobretudo aquelas que se relacionam com investimento pessoal do próprio grupo, superando as relações de trabalho e tornando o ambiente muito mais propício para o desenvolvimento de melhores negócios, melhores ideias e concretizando, por fim, ótimos resultados.

Veja quais são os principais aspectos que podem fazer com que a sua empresa abandone essa forma tradicional de trabalho.

1) Quando você muda sua forma de gestão, sua equipe fica muito mais motivada

Equipe motivada - MarQPonto

Você, enquanto gestor, já se sentiu realmente desconectado do seu trabalho?

Você já sentiu a energia que você sempre teve para resolver seus procedimentos e demandas baixa, a ponto de se esgotar?

Geralmente é dessa forma que as pessoas que não trabalham de forma autônoma se sentem: apenas cumprindo ordens, sem fazer parte de qualquer processo.

Assim, quando o gestor decide por tornar o ambiente empresarial mais independente, os colaboradores se sentem parte do que os negócios realmente são, assumindo frente nos processos e deliberações que ocorrem durante as negociações habituais do dia a dia de trabalho.

2) Com um ambiente que garante autonomia, os colaboradores caminham seus próprios caminhos

Conforme você incentiva seus colaboradores a caminharem por seus próprios caminhos, eles acabam perdendo o medo de errar. Isso porque sabem que estão inseridos em um ambiente que promove não só a justiça quanto, sobretudo, liberdade.

Dessa maneira, as pessoas se sentem livres para testar formas de trabalho antes de decidir e perdem o medo de errar. Principalmente porque se entende o erro como uma forma de aprendizado e não uma oportunidade de punição.

3) Em um ambiente menos rigoroso, as pessoas aprendem muito mais

Autonomia do time - MarQPonto

Se o motor do conhecimento é a dúvida, as pessoas devem sentir liberdade para perguntar sem medo de ser observado como ingênuo ou desatento.

E mais do que isso: quando o gestor se coloca como uma pessoa também em construção, ele também se oportuniza a crescer junto com a sua equipe, principalmente por perceber que todo mundo tem o que ensinar e todo mundo também tem o que aprender.

Assim, criamos um ambiente profissional em que a construção e o engrandecimento também perpassa campos pessoais.

4) Quando seu grupo trabalha com autonomia, você aprende também sobre seus colaboradores

É essencial entender quem é quem em seu grupo de trabalho, quais são as ambições, os desejos e o que as pessoas realmente sabem fazer.

Sabendo das características essenciais e técnicas de cada uma das pessoas que trabalham em seu grupo, é possível que elas também se sintam mais realizadas em suas posições e funções dentro da empresa, uma vez que podem se realizar também em suas potencialidades, sentindo que seus esforços são realmente aproveitados de forma positiva pelos seus colegas e chefias.

5) Seus colaboradores passam a sentir que você confia neles

Isso pode melhorar a sua relação com todos, uma vez que todos se sentem não só valorizados como reconhecidos em seus esforços ante ao grupo.

Essa ação pode ser tão positiva, que as relações entre os próprios colabores tendem a aumentar e, com isso, o clima tende a se tornar muito mais positivo e o ambiente muito mais agradável para o trabalho.

Demonstrar confiança também pode ser muito benéfica para o gestor que a desenvolve, sobretudo porque ele sabe que as suas próprias responsabilidades podem ser divididas, bem como seus méritos, seus esforços e ainda mais os resultados, que podem ser traduzidos em até mesmo mais incentivos para todo o grupo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *