Controle de ponto biométrico durante o coronavírus

Apesar de ser muito utilizado pelas empresas, não é recomendado o uso do controle de ponto biométrico durante o coronavírus

Coronavírus empresas - MarQPonto

Por necessidade, muitas empresas retornaram suas atividades depois de um longo período de isolamento social. Apesar de vários negócios terem adotado a modalidade de trabalho home office, alguns não conseguiram atingir os resultados esperados durante esse período e resolveram retomar as atividades presenciais. 

Ou seja, para os gestores de Recursos Humanos (RH) ficou a responsabilidade de cuidar para que esse retorno não traga prejuízos a saúde dos funcionários. Além dos cuidados básicos, é possível antecipar possíveis transtornos. Se esse é o seu caso, atente-se a um dos processos mais importantes do RH: o registro de ponto.   

Controle de ponto biométrico

Por ter uma forma segura de identificação dos funcionários, esse sistema de controle de ponto tornou-se popular entre as empresas. Acontece que hoje enfrentamos uma nova realidade, em que vários objetos podem servir de transmissão de vírus e bactérias.

Por que não usar o controle de ponto biométrico durante o coronavírus?

A Covid-19 sobrevive por horas em superfícies, sendo uma porta de entrada da doença nas empresas. Apesar da efetividade do controle de ponto biométrico, esse equipamento pode colocar em risco a saúde dos funcionários. Aliás, uma das maiores preocupações deve ser com os funcionários assintomáticos.

É possível higienizar o controle de ponto biométrico durante o coronavírus?

Essa é uma das maiores dificuldades de usar o controle de ponto biométrico durante a Covid-19, porque a limpeza do leitor biométrico dos equipamentos pode ser realizada apenas com pano seco. Ou seja, não é possível usar produtos químicos e nem água, porque eles podem danificar o sensor de leitura. 

Uma solução seria deixar álcool em gel ao lado do equipamento para que os funcionários fizessem a sua própria higienização depois de usá-lo. Mesmo assim, esse método estaria sujeito a falhas e uma fiscalização constante. Portanto, durante esse período, é melhor evitar o controle de ponto biométrico.

O controle de ponto é obrigatório durante a pandemia? 

Controle de ponto durante o coronavírus - MarQPonto

Essa é uma dúvida apresentada por várias empresas. Se a sua empresa era obrigada a controlar o ponto antes da Covid-19, essa obrigação continua durante a pandemia. Para estabelecimentos com mais de 20 funcionários, o controle de ponto é obrigatório, conforme orientação do Artigo 74 § 2 da CLT.

Como controlar o ponto durante a Covid-19?

A solução para esse problema é mais simples do que parece. O setor de Recursos Humanos pode recorrer ao controle de ponto eletrônico, que permite o registro por meio de um aplicativo. Com ele, os funcionários podem registrar o ponto no seu próprio dispositivo móvel, evitando o compartilhamento do objeto.

Além de servir para essa situação, esse meio de controle de ponto foi uma forma efetiva de controle de jornada de trabalho durante o home office. Caso você tenha parte dos funcionários atuando por essa modalidade de trabalho, pode usar o mesmo sistema para registrar o ponto.

Sistema de ponto eletrônico durante a Covid-19

Além dos benefícios para o gestor de Recursos Humanos, que otimiza boa parte do seu tempo com processos burocráticos, esse tornou-se o meio mais efetivo de registro de jornada durante a pandemia. Na MarQPonto, a procura pelo sistema cresceu 40% durante a Covid-19.

Se você quer conhecer melhor esse sistema de ponto eletrônico, confira as funcionalidades oferecidas. Além disso, você pode entrar em contato com a MarQPonto para tirar as suas dúvidas. Se preferir, faça o teste grátis e conte com a nossa equipe de suporte.a

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *